domingo, 13 de março de 2011

O QUE AS PESSOA QUEREM OUVIR NA IGREJA?


O que o povo quer ouvir? Quantos ao prepararem as suas “magníficas preleções” se perguntam assim. Está difícil de encontrar pregadores que perguntam: o que Deus quer falar? Afinal, há coisas que Deus fala que não traz ibope. Falar de pecado? Isso assusta as ovelhas. Falar de conserto? Isso trás um clima pesado. Porque não falar de promessas, ou de multiplicação, ou de êxito, ou melhor, falar de VITÓRIA? Lógico que creio em todas essas afirmações que remetem a um triunfalismo da igreja. Afinal, também amo pregar sobre isso. Só que nem sempre Deus quer falar acerca disso. Cinco minutos atrás estava estudando e preparando o sermão deste domingo, e graças a Deus, fiz a bendita pergunta: o que Deus quer falar? Admito que tinha outras idéias de preleções, porem nada melhor do que obedecer a Deus diante de desejos contrários ao Dele.

Quantos e quantos pregadores dizem que Deus está falando, quando na verdade, quem fala é a auto-afirmação de seu próprio ego. Quem realmente fala são as suas necessidades, ou seja, se preciso de dinheiro, logo prego sobre dízimo e oferta. Se preciso que a liderança apóie uma idéia minha, logo prego sobre submissão. Se preciso justificar um pecado próprio, logo prego sobre a maravilhosa graça e misericórdia de Deus. A pregação não pode ser a reprodução de nossas necessidades individuais. Afinal, o que Deus quer falar? Creio em um Deus triunfal, um Deus que fala de vitórias, um Deus que fala de conquistas, mas também um Deus que fala de deserto e que fala de conserto.

E as profetadas? Imagino Deus vomitando quando ouve um falso profeta dizer: eis que te digo. Não quero marginalizar de maneira alguma a Palavra Profética, creio que Deus assim faz muitas vezes, porem estou enojado diante de tanto descaso com a Palavra de Deus. Pessoas que fazem filas intermináveis somente para receber uma palavra do pastor vidente. Se tornam crentes doentes, dependentes da droga chamada Falsa profecia. E se você ao orar não der alguma profecia é capaz que te denominem como um pastor “fraco”. A verdadeira profecia conserta a falsa profecia vicia.

O que verdadeiramente atrai as pessoas para Deus? O que elas querem ouvir ou o que Deus quer falar com elas? Quando as pessoas são atraídas por aquilo que elas simplesmente querem ouvir, pode acreditar, estas não são atraídas pela presença de Deus mas pela resposta que elas tanto almejam. Seria suas respostas maiores e melhores do que o Próprio Deus? As igrejas até enchem, mas de pessoas que são atraídas pelo alimento de seu próprio ego, ai está o problema. Sendo assim, não é uma igreja, mas uma comunidade positivista de auto-ajuda. Infelizmente é isso que muitas igrejas estão se tornando. Quando pregamos o que Deus quer falar, as pessoas são atraídas pelo próprio Deus, não são seduzidas pelas suas próprias respostas, mas conseguem se saciar da boa e tremenda vontade de Deus.

O que mais Deus tem falado comigo é a respeito de um verdadeiro avivamento, que é sinônimo de um verdadeiro retorno a simplicidade do evangelho. Um avivamento que levantará profetas compromissados com Deus e não com o marketing pessoal. Profetas que não tenham o $ como seu deus, mas que tenham o $ como instrumento de um objetivo maior. Avivamento que aniquilará com os “profetas de porta em porta”, ou seja, aqueles que batem nas portas de suas ovelhas com palavras mentirosas e dizendo: venham comigo que te darei reinos se prostrado me adorares. Um avivamento de alegria e êxtase espiritual, de unidade e cumplicidade. Avivamento de Palavra genuína, Palavra de vitória e de conserto. O avivamento do equilíbrio. Termino novamente me perguntando: o que Deus quer falar? Que bom que sei que Ele vai me dizer.

Um comentário:

Pr. Welfany Nolasco Rodrigues disse...

Linda mensagem. Deus te abençoe e continue escrevendo com esta inspiração.
http://esbocopregacao.blogspot.com/